Bernauto

Descida do ISP reduz carga fiscal em 20 cêntimos por litro nos combustíveis

António Costa anunciou esta quinta-feira que a nova descida do ISP entra em vigor já na próxima segunda-feira, dia 2 de maio.

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou hoje que a nova descida do Imposto sobre os Produtos Petrolíferos (ISP) arranca já na próxima segunda-feira, dia 2 de maio.

“Quero anunciar que tendo sido promulgada a lei aprovada no Parlamento na passada sexta-feira, na próxima segunda-feira (dia 2 de maio) a nova descida do ISP vai baixar a carga fiscal em 20 cêntimos por litro”, disse António Costa.

Esta redução vai permitir, de acordo com o primeiro-ministro, “reduzir 62% do aumento do preço da gasolina e 42% do aumento do preço do gasóleo sofrido pelos consumidores desde outubro”, disse.

Para conseguir que o ISP desça o equivalente a uma redução do IVA dos combustíveis para 13%, o Executivo liderado por António Costa avançou com a suspensão do limite mínimo do ISP e prevê a aplicação desta medida durante um prazo de dois meses.

Contudo, com a entrada desta medida em vigor, o Governo deixa de disponibilizar o apoio do Autovoucher, que termina no final deste mês de abril, como já tínhamos anunciado recentemente.

170 milhões de euros até junho

O Governo prevê que a implementação desta medida represente um custo de aproximadamente 85 milhões de euros por mês, sendo que até ao final do mês de junho (altura prevista para o final desta medida) o Executivo estima gastar cerca de 170 milhões de euros.

Fonte: RAZÃO AUTOMÓVEL